APOSTILA DE JOGOS DO PNAIC — ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA.

Apostila de Jogos do PNAIC
ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA 


jogos pnaic matematica
Formação de Professores Alfabetizadores - 2014
Orientadora de Estudo: Eleúzia Lins da Silva
APOSTILA DE JOGOS DO PNAIC
ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA
BARUERI/SP - 2014

SUMÁRIO
CIRCUITO MATEMÁTICO

JOGO 1 – AS DUAS MÃOS
JOGO 2 – JOGO DAS FICHAS COLORIDAS
JOGO 3 – GANHA CEM PRIMEIRO
JOGO 4 – GASTA CEM PRIMEIRO
JOGO 5 – ESQUERDINHA – QUEM PRIMEIRO TIVER CEM
JOGO 6 – PLACAR ZERO
JOGO 7 - AGRUPAMENTO PARA MUDAR DE NÍVEL (segundo a cor)
JOGO 8 – CUBRA A DIFERÇA
JOGO 9 – CUBRA O ANTERIOR
JOGO 10 - QUAL A REPRESENTAÇÃO DO NÚMERO?
JOGO 11 – COMPRANDO FICHA
jogos pnaic matematica
CIRCUITO MATEMÁTICO 
OBJETIVOS: 
- Vivenciar diferentes jogos.
- Perceber quais são os Direitos de Aprendizagens que estão presentes no Circuito Matemático.
- Identificar os conteúdos matemáticos presentes em cada jogo.
- Ampliar o conhecimento de situações didáticas que envolvem a aprendizagem dos números.
- Socializar a aprendizagem dos números em diferentes contextos.
- Perceber a importância da representação gráfica (registro).
- Contextualizar o ensino e aprendizagem.

PASSO A PASSO 
- Distribuir aleatoriamente fichas contendo números 1, 2, 3 e 4. Esses números indicarão a equipe que o cursista pertence. -
- Preparar os espaços para a realização das atividades.
- Todos os cursistas irão participar do Circuito Matemático, conforme a organização do rodízio das atividades.
- Durante a realização das atividades o registro dos pontos obtidos deverá ser individual. Cada cursista irá registar os pontos adquiridos durante o circuito na “Folha de Registro”.
- Após término do Circuito Matemático, os participantes deverão se organizar por equipe, para somar os pontos obtidos de todos os participantes em cada atividade.
- Registrar a pontuação de cada equipe no painel da classe, por circuito.
- Verificar a equipe vencedora em cada atividade.
- Verificar a equipe vencedora do Circuito Matemático.
- Premiar a equipe vencedora.
CADA CIRCUITO TERÁ DURAÇÃO DE 20 MINUTOS 

CIRCUITO 1 
JOGO DE BOLICHE

MATERIAIS QUE SERÃO UTILIZADOS
- 10 garrafas pet de 2l numeradas (adaptar de acordo com o ano)
- 1 bola de meia ou tênis

REGRAS DE CADA JOGO
- Cada participante, na sua vez, irá jogar a bola nas garrafas, se derrubar, verificar o número que consta no verso da garrafa. Anotar o número na ficha de registro.

CIRCUITO 2 
JOGO PEGA VARETAS 

MATERIAIS QUE SERÃO UTILIZADOS
- 1 pega-varetas para cada dupla.

REGRAS DE CADA JOGO
- Seguir as regras da embalagem.
- Fazer variações das regras de acordo com os participantes.

CIRCUITO 3 
JOGO “AS DUAS MÃOS”

MATERIAIS QUE SERÃO UTILIZADOS
- Tabuleiro com duas mãos
- 200 palitos de sorvete
- 1 dado
- 100 elásticos

REGRAS DE CADA JOGO
- Cada participante, na sua vez, joga o dado. De acordo com o resultado pega os palitos e cobre cada dedo da mão.
- Quando cobrir todos os dedos, recolhe e amarra com elástico fazendo grupos de 10 unidades.
- Ganha o jogo, quem fizer mais grupos de 10.

CIRCUITO 4 
JOGO DOS DADOS

MATERIAIS QUE SERÃO UTILIZADOS
- 3 dados

REGRAS DE CADA JOGO
- Cada participante, na sua vez, joga os 3 dados (ou 2 dados), soma-se o resultado obtido nos dados e registra-se na ficha de registro.

CIRCUITO 5 
ESTIMATIVAS

MATERIAIS QUE SERÃO UTILIZADOS
- 7 Potes contendo diversos materiais: palitos de dente, feijão, macarrão, clipes, dados, borrachas e palitos de sorvete.
- Folhas de papel sulfite cortadas em pequenos pedaços.
- Canetas ou lápis para os participantes.

REGRAS DE CADA JOGO
- Pega-se um pote e coloca-o no centro da mesa. Cada participante escreve em folha de sulfite a quantidade que acha que correspondente aos materiais que estão dentro do pote apresentado.
- Todos levantam os cartões com seus “palpites”.
- Um dos participantes deverá levantar o pote e mostrar o valor corresponde no fundo do pote. O participante que mais se aproximar do resultado ganha 10 pontos. Os demais ficam com zero.
- Prosseguir dessa forma até o último pote.
jogos pnaic matematicajogos pnaic matematica
Ficha de Registro
- Registre da forma que achar mais conveniente os pontos conquistados durante o Circuito Matemático.
Boliche
Pega Vareta
As duas mãos
Jogo dos dados
Estimativa

Jogo 1 - AS DUAS MÃOS
a) Aprendizagem: Estabelecer relação biunívoca (termo a termo); construir noções iniciais do Sistema de Numeração Decimal; identificar a quantidade de dedos das duas mãos como base de agrupamentos de 10.

b) Material:
- 1 dado comum
- aproximadamente 200 palitos de picolé
- aproximadamente 30 linguinhas elásticas
- 1 tabuleiro, com as duas mãos desenhadas, para cada participante

c) Número de jogadores: 2 a 5 participantes
d) Regras:
- Cada um, na sua vez, lança o dado.
- A quantidade que aparecer na face superior do dado após seu lançamento, corresponderá ao número de palitos que devem ser recolhidos pelo jogador e colocados no tabuleiro sobre a ilustração que reproduz os dedos das mãos.
- Passa a vez para o próximo jogador.
- Na rodada seguinte, pega-se novamente a quantidade de palitos de picolé que sair na jogada do dado, colocando um em cada dedo do seu tabuleiro, não podendo colocar dois palitos em um mesmo dedo.
- Os palitos que porventura sobrarem devem ser colocados novamente, em cada um dos dedos.
jogos pnaic matematicajogos pnaic matematica

e) Problematizando:
É interessante perceber que os princípios da contagem vão se estabelecendo na medida em que a criança relaciona a sequência dos nomes dos números aos objetos que estão sendo contados (termo a termo). Esse jogo possibilita a criança vivenciar está característica da relação numérica com a quantidade correspondente. Em um primeiro momento, é importante que o professor instigue a criança a realizar a contagen em voz alta, para verificar se está realizando a relação "nome do número - quantidade" de forma correta.

Outro aspecto relevante é o princípio da composição de agrupamentos de dez ( base decimal) tendo como ponto de partida os dez dedos das mãos. O professor pode instigar as crianças a observarem as quantidades de dedos de cada mão, estabelecendo relações com quantidades, tais como: quantos dedos há em uma mão? E em duas? Como podemos registrar essa quantidade? Há outras formas de registros? E, aqui, é uma oportunidade de representar o 10 de diferentes formas, tais como: 5+5; 2 vezes o 5; 2+2+2+2+2; assim como de utilizar representações pictóricas, por estarem mais próximas à forma como as crianças pequenas expressam suas aprendizagens iniciais.

Após o jogo, além de identificar a quantidade de pontos que cada jogador fez, é possível estabelecer diversas relações entre as quantidades de pontos que cada um obteve, tais como: quantos pobtos uma criança fez a mais que a outra? Qual a diferença de pontos entre uma criança e outra? Como podemos fazer para descobrir? Essa é uma oportunidade para explorar diferentes estratégias para resolver a situação posta, valorizando as formas particulares que cada criança utiliza.

O professor pode, também, ampliar as problematizações, propondo situações que vão além dos resultados obtidos durante o jogo, favorecendo reflexões sobre o que poderia acontecer, como, por exemplo: Um jogador que tirou o número 3 no primeiro lançamento do dado pegou 3 palitos, ele consegue formar um grupo com 10 palitos em mais uma jogada? Explique;
jogos pnaic matematicajogos pnaic matematica


Jogo 2. Jogo das Fichas Coloridas 
Para este jogo é preciso providenciar: fichas coloridas (em  quantidade suficiente para o trabalho em grupo) e cartelas numeradas (dez cartelas de cada  número)

Regras do jogo:
- As fichas coloridas ficam à disposição das crianças sobre a mesa.
- Cada ficha vermelha vale 1 ponto, cada ficha azul, 3 pontos, e cada ficha amarela, 9 pontos.
- As cartelas numeradas deverão estar em um monte embaralhado no centro da mesa.
- Cada criança retira uma cartela numerada do monte e pega a quantidade de fichas vermelhas correspondente ao número.
- Ao agrupar três fichas vermelhas, elas a troca por uma azul.
- Ao agrupar três fichas azuis, troca por uma amarela.
- Vence quem conseguir duas fichas amarelas primeiro.

Jogo 3. Ganha Cem Primeiro 
Objetivo pedagógico: construir a noção de agrupamento de 10 em 10.
Número de jogadores: entre dois e quatro alunos.

Objetivo do jogo: Ganha quem formar o grupão primeiro: que é o amarrado de dez grupos de dez palitos. Quem primeiro formar o grupão levanta a mão com ele e declara em voz alta: “ganhei CEM primeiro”.

Materiais:
- ao menos 100 palitos por jogador;
- ao menos 12 ligas elásticas (elásticos utilizados, em geral, para amarrar dinheiro) por jogador;
- dois dados, de preferência com algarismos. Se for com bolinhas, de preferência que não seja o tradicional, isto é, sem constelação (sem a distribuição clássica das quantidades), fazendo com que a criança tenha que contar a quantidade indicada em cada dado, conforme observamos na figura a seguir.
- Os dados podem ter quantidades maiores que seis;
- 1 pote (que pode ser copo plástico ou embalagem de sorvete).

Regras do jogo:
Na primeira rodada:
- cada jogador, na sua vez, lança os dois dados e pega a quantidade em palitos de acordo com o valor indicado pelo total de pontos dos dados. Todos os palitos devem estar inicialmente depositados no pote;
- se o resultado for igual ou maior que 10, a criança deverá usar a liga elástica para amarrar 10 palitos e formar um grupo.
- se houver sobra, ela ficará na mesa, sem amarrar, para se juntar aos palitos ganhos nas próximas rodadas, a fim de fazer novos grupos.
- caso o resultado seja menor que 10, o jogador deverá deixá-los na mesa sem amarrar, esperando a próxima rodada na esperança de formar um grupo de 10;
jogos pnaic matematicajogos pnaic matematica
- ao concluir a organização de seus palitos soltos e dos grupos, passa os dois dados para o colega seguinte, dizendo: “EU TE AUTORIZO A JOGAR”.
- isto faz com que cada jogador tenha sua rodada garantida e que os demais observem as contagens, correspondências, agrupamentos, aprendendo e refletindo, não apenas nas suas próprias ações, mas nas ações dos colegas.

Nas rodadas seguintes:
- lançar os dados e, cada vez que obtiver DEZ palitos, usar a liga elástica para formar um grupo, podendo ficar, no final da rodada, com palitos soltos e grupos;
- se houver palitos soltos, serão guardados para serem acrescentados aos que serão ganhos nas rodadas posteriores, sendo que devem ficar na carteira do aluno, organizados, de forma a não misturar com os dos colegas (isso também é Matemática) ou com os do pote.
- os palitos inicialmente devem ficar no pote, visando à organização do material e para não haver mistura (a escola deve fornecer meios para ajudar a criança pequena, em processo de alfabetização, a se organizar);
- ao obter Dez grupos de dez palitinhos, usar uma liga elástica para agrupar os dez grupos, formando um grupão. Assim feito, a criança levanta o grupão e declara em voz alta “ganhei CEM primeiro”.
- caso levante os dez grupos sem agrupá-los em um grupão, é punido perdendo um grupo de dez, que volta ao pote.
- quando um aluno se declarar ganhador, os colegas devem conferir se está tudo certo, ou seja, se o grupão é formado de dez grupos amarrados e se cada grupo tem dez palitinhos.

Nas rodadas seguintes:
- lançar os dados e, cada vez que obtiver DEZ palitos, usar a liga elástica para formar um grupo, podendo ficar, no final da rodada, com palitos soltos e grupos;
- se houver palitos soltos, serão guardados para serem acrescentados aos que serão ganhos nas rodadas posteriores, sendo que devem ficar na carteira do aluno, organizados, de forma a não misturar com os dos colegas (isso também é Matemática) ou com os do pote.
- os palitos inicialmente devem ficar no pote, visando à organização do material e para não haver mistura (a escola deve fornecer meios para ajudar a criança pequena, em processo de alfabetização, a se organizar);
- ao obter Dez grupos de dez palitinhos, usar uma liga elástica para agrupar os dez grupos, formando um grupão. Assim feito, a criança levanta o grupão e declara em voz alta “ganhei CEM primeiro”.
- caso levante os dez grupos sem agrupá-los em um grupão, é punido perdendo um grupo de dez, que volta ao pote.
- quando um aluno se declarar ganhador, os colegas devem conferir se está tudo certo, ou seja, se o grupão é formado de dez grupos amarrados e se cada grupo tem dez palitinhos.
- o jogo não termina com a declaração do primeiro ganhador.
- o professor deve estimular os demais jogadores a continuar o jogo para ver quem ficará em segundo, terceiro lugar, e assim por diante.
- quem já ganhou fica ajudando a conferir as quantidades que cada jogador está obtendo e organizando em grupos.
jogos pnaic matematicajogos pnaic matematica
Jogo 4. Gasta Cem Primeiro 
Objetivo pedagógico: construir a noção de agrupamento de 10 em 10.
Número de jogadores: entre 2 e 4 alunos.
Indicação: para alunos do 1º ao 3º ano.

Objetivo do jogo: Devolver ao pote todos os palitos, ficando com ZERO palito primeiro.

Materiais:
- um pote vazio no centro da mesa de jogo;
- 100 palitos por jogador;
- 11 ligas elásticas;
- dois dados, de preferência com algarismos (ver características do dado no jogo 1).

Regras do jogo:
- Para preparação do jogo, cada jogador organiza seus palitos num grupão: dez grupos de dez palitos como em uma das imagens abaixo.
- Nesta primeira rodada, o jogador deve retirar a liga do grupão, para então, escolher um dos grupos para desmanchar.
- Para retirar os palitos do grupão, deve retirar a liga elástica, antes de tirar os palitos. Não pode retirar palitos do grupo ou do grupão sem desfazê-lo, pois assim ele não fica mais com Dez e, portanto, não é mais grupo ou grupão.
- Os palitos que sobraram, após a colocação no pote da quantidade indicada pelos dados, ficam na carteira do aluno, organizados, de forma a não misturar com os dos colegas.
- Cada jogador vai, ao longo do jogo, conservando consigo as ligas que foram soltas, como forma indicativa de grupos que foram desfeitos.
- Quem tiver mais ligas soltas, estará mais próximo de ganhar o jogo.
- Após “colocar no pote” a quantidade de palitos indicada pelos dados, o aluno deve organizar em sua carteira quantos grupos e soltos lhe restaram, assim como as ligas elásticas.
- Ao concluir a organização de seus palitos soltos e grupos, passa os dois dados para o colega seguinte dizendo: “EU TE AUTORIZO A JOGAR”.

Nas rodadas seguintes:
- o procedimento é o mesmo da primeira jogada, sempre desagrupando, quando for necessário, e separando os grupos dos soltos para ter clareza do quanto ainda tem.
- Chegando ao final do jogo, quando o jogador tiver menos de dez palitos, na vez de jogar, joga apenas com um dado.
- Também ao final do jogo, quando tirar no dado valor maior do que possui, perde a vez, passando a vez ao colega seguinte.
- Quando um jogador conseguir ficar sem nenhum palito, é declarado como primeiro ganhador.
- Quando um aluno se declarar ganhador, os colegas devem conferir se está tudo certo, ou seja, se o ganhador está sem nenhum palito e onze elásticos como prova dos desagrupamentos realizados.
- O jogo não termina com a declaração do primeiro ganhador.
- O professor deve estimular os demais jogadores a continuar o jogo para ver quem ficará em segundo, terceiro lugar, e assim por diante.
- Quem já ganhou, ajuda a conferir as quantidades que cada jogador está retirando e organizando em grupos.
jogos pnaic matematicajogos pnaic matematica


Jogo 5. Esquerdinha – Quem Primeiro Tiver 100 
Objetivo pedagógico: Compreender o significado do valor posicional no SND.
Número de jogadores: entre 2 e 4 alunos.
Indicação: para alunos do 1º ao 3º ano.

Objetivo do jogo: Devolver ao pote todos os palitos, ficando com ZERO palito primeiro.

Materiais:
- ao menos 111 palitos por jogador, depositados inicialmente num pote;
- um pote por criança;
- ao menos 12 ligas elásticas por jogador;
- dois dados para o grupo; para cada criança,
- um tapetinho dividido em três campos. Escrever no alto dele, da esquerda para a direita, em cada campo: GRUPÃO, GRUPO, SOLTOS (respeitando a linguagem natural de seus alunos, que podem preferir usar AMARRADO ou PACOTE em lugar de GRUPO);
- cinco jogos de fichas numéricas, contendo os algarismos de zero a nove. As fichas numéricas podem ser retangulares, variando entre 3 e 8 cm de lado, de preferência coloridas, evitando ser da mesma cor do tapetinho, para que a criança pequena tenha facilidade de leitura com discrepância de cores. Pode ser também em alto-relevo, que facilita, por meio do tato, a identificação do numeral.

Regras do jogo:
- o grupo define a sequência dos jogadores.

Na primeira rodada:
- cada criança, na sua vez, lança os dois dados e pega a quantidade em palitos, de acordo com o valor indicado pelo total de pontos dos dados. Caso o resultado seja menor que DEZ, posicionam-se os palitos na casa da direita do tapetinho, ou seja, na casa onde está escrito SOLTOS e coloca-se a ficha numérica na casa correspondendo à quantidade representada no tapetinho. Cada jogador joga em seu próprio tapetinho;
- se a quantidade passar de DEZ, a criança deverá amarrar 10 e colocar o grupo na casa do meio, e as sobras devem ir para a casa dos SOLTOS. Em seguida, deve colocar a ficha numérica em cada casa para saber quantos têm nas devidas casas, para determinar quanto há em cada ordem;
- ao concluir a organização de seus palitos soltos e grupos, e correspondente representação com as fichas numéricas, a criança passa os dois dados para o colega seguinte dizendo: “EU TE AUTORIZO A JOGAR”.

Nas rodadas seguintes:
- lançar os dois dados, pegar a quantidade determinada e juntá-la aos palitos obtidos na rodada anterior, depositados na casa da direita do tapetinho.
- Assim, os novos palitos soltos sempre serão depositados na casa dos soltos;
- cada vez que obtiver Dez palitos, usar a liga elástica para formar um grupo, ficando no final da rodada com palitos soltos e grupos (caso já tenha conseguido agrupar). Os grupos de dez devem ser posicionados na casa do grupo;
- os palitos soltos obtidos ficam acumulados para serem acrescentados aos obtidos na rodada posterior, permanecendo sobre o tapetinho, de acordo com as regras. Muitas das crianças pequenas tendem a, durante o jogo, ficar com palitos ou grupos na mão. Porém, é regra do jogo pousar os palitos e grupos no tapetinho, de forma a não misturar com os dos colegas (isso também é Matemática) ou com os do pote;
- ao obter Dez grupos de dez palitos, usa-se uma liga elástica para agrupar os dez grupos, formando um grupão. O grupão de CEM (objetivo final do jogo) deve ser posicionado na casa da esquerda do tapetinho. O placar com as fichas numéricas requer três numerais, ou seja, três fichas, indicando no momento o grupão formado, quantos grupos de dez e quantos soltos, o jogador tem. Assim feito, se declara em voz alta “ganhei CEM primeiro”, mostrando que obteve o “1” na casa da esquerda do tapetinho.
jogos pnaic matematicajogos pnaic matematica


jogos pnaic matematica
Jogo 6. Placar Zero 
Objetivo pedagógico: compreender o desagrupamento respeitando o valor posicional com registro numérico.
Número de jogadores: entre 2 e 4 alunos.
Indicação: para alunos do 1º ao 3º ano.

Objetivo do jogo:
- ficar com ZERO palito primeiro, ou seja, devolver ao pote todos os 100 palitos.
- Ganha quem primeiro ficar com ZERO, ZERO, ZERO no placar.

Materiais:
- um pote por grupo;
- cem palitos por jogador;
- ao menos 11 ligas elásticas por jogador;
- dois dados;
- um tapetinho dividido em três campos, por jogador;
- cinco jogos de fichas numéricas por jogador, contendo os algarismos zero a nove;
- tabela por jogador para registro das pontuações.

Regras do jogo:
- Para iniciar o jogo, cada jogador forma um grupão de CEM palitos formado por dez grupos de dez palitos amarrados. Posiciona este grupão no tapetinho, fazendo a representação com as fichas numéricas, conforme a imagem abaixo.

Na primeira rodada:
- lançar os dois dados e retirar de seu grupão a quantidade em palitos de acordo com o valor indicado pelo total de pontos dos dados.
- os palitos retirados devem ser colocados no pote. Lembre-se que para retirar do grupão a quantidade de palitos marcada nos dados, é preciso desfazer o grupão retirando a liga, transferindo todos os grupos para a casa central (dos “grupos”), e, em seguida, desamarrar um grupo para retirar a quantidade necessária. O que sobrar desamarrado vai para a casa dos soltos.
 - Em seguida, colocar as fichas numéricas formando um placar. Este indica quantos palitos soltos e quantos grupos de dez ficaram na rodada, dentro das casas correspondentes.
- No caso de haver casa vazia, é colocada a ficha com o algarismo ZERO, conforme imagem acima. - Ao concluir a organização de seus palitos soltos, dos grupos e seus respectivos registros, com fichas numéricas de quantos grupos e quantos soltos têm, passar os dois dados para o colega seguinte, dizendo: “EU TE AUTORIZO A JOGAR”.

Na primeira rodada:
- lançar os dois dados e retirar de seu grupão a quantidade em palitos de acordo com o valor indicado pelo total de pontos dos dados.
- os palitos retirados devem ser colocados no pote. Lembre-se que para retirar do grupão a quantidade de palitos marcada nos dados, é preciso desfazer o grupão retirando a liga, transferindo todos os grupos para a casa central (dos “grupos”), e, em seguida, desamarrar um grupo para retirar a quantidade necessária. O que sobrar desamarrado vai para a casa dos soltos.
- Em seguida, colocar as fichas numéricas formando um placar. Este indica quantos palitos soltos e quantos grupos de dez ficaram na rodada, dentro das casas correspondentes.
- No caso de haver casa vazia, é colocada a ficha com o algarismo ZERO, conforme imagem acima.
- Ao concluir a organização de seus palitos soltos, dos grupos e seus respectivos registros, com fichas numéricas de quantos grupos e quantos soltos têm, passar os dois dados para o colega seguinte, dizendo: “EU TE AUTORIZO A JOGAR”.

Nas rodadas seguintes:
- o procedimento é o mesmo da primeira jogada (exceto quanto ao fato de não ter mais o grupão), sempre desagrupando, quando for necessário, posicionando os palitos no tapetinho e representando com as fichas os grupos e palitos soltos.
- Chegando ao final do jogo, quando o jogador tiver menos de dez palitos, em sua rodada, passa a jogar apenas com um dado. Também ao final do jogo, quando tirar no dado valor maior do que possui, perde a vez, passando-a ao colega seguinte.
apostila pnaic matematicaApostila pnaic matematica

- Quando um jogador conseguir ficar sem nenhum palito, ficando com as três fichas ZERO no placar, é declarado como primeiro ganhador e recebe uma ficha numérica do ZERO.
- Cada jogador vai, ao longo do jogo, conservando consigo as ligas que foram soltas, como forma indicativa de grupos que foram desfeitos.
- Quem tiver mais ligas soltas, estará mais próximo de ganhar o jogo.
- Quando um aluno se declarar ganhador, os colegas devem conferir se está tudo certo, ou seja, se o ganhador está sem nenhum palito e onze ligas como evidência dos desagrupamentos realizados.
- O professor deve estimular os demais jogadores a continuar o jogo para ver quem ficará em segundo, terceiro lugar, e assim, por diante. 
- Quem já ganhou fica ajudando a conferir as quantidades que cada jogador está retirando.

ALUNO(A):
TABELA DE PONTUAÇÃO
TINHA
PERDI
FIQUEI COM

Jogo 7 - AGRUPAMENTO PARA MUDAR DE NÍVEL (segundo a cor) 
Objetivo pedagógico: Explorar a ideia de que, por meio do agrupamento na base 10, realizamos quantificações com representações simbólicas. Colaborar com a construção da noção de valor, em que uma tampinha vale dez outras tampinhas.
Número de jogadores: entre 2 e 4 alunos.
Indicação: para alunos do 1º ao 3º ano.

Objetivo do jogo: Ganha quem primeiro tiver 5 tampinhas vermelhas. Para tanto, há necessidade de, por jogada, ganhar tampinhas azuis, a serem trocadas por uma vermelha, cada vez que tiver dez azuis.

Materiais:
- ao menos 15 tampinhas azuis por aluno;
- ao menos 6 tampinhas vermelhas por aluno;
- um dado por grupo de alunos, de preferência com algarismos;
- dois potes por grupo, feito de garrafa PET, conforme imagem abaixo.
Apostila pnaic matematicaApostila pnaic matematica

Regras do jogo:
Na primeira rodada:
- o primeiro jogador lança o dado e pega a quantidade de tampinhas azuis que foi sorteada. Então, passa a vez para o próximo jogador, que repete o procedimento e passa para o seguinte;
- ao concluir a organização de suas tampinhas, passa o dado para o colega seguinte dizendo: “EU TE AUTORIZO A JOGAR”.

Nas rodadas seguintes:
- vai se repetir a ordem da jogada até que um dos jogadores complete 10 tampinhas de cor azul. Ao completar, o jogador muda de nível;
- Isto significa que ele vai trocar 10 tampinhas azuis por uma vermelha.
- Assim, cada grupo de 10 representa uma mudança de nível.

REGISTROS DAS CRIANÇAS: uma alternativa para o registro é, ao longo das jogadas, com uso de lápis de cor, ir registrando quantas tampinhas azuis e vermelhas já se ganhou (está implícito que a azul vale 1 e a vermelha vale 10). Podemos estimular as crianças a registrarem, por meio de desenho, as trocas realizadas, ou seja, 10 tampinhas azuis por uma vermelha.

Jogo 8- Cubra a diferença
Objetivo pedagógico: identificar quantidades e realizar contagens; perceber a diferença entre duas quantidades; calcular subtrações mentalmente.
Número de jogadores: 4

Materiais:
- 2 dados comuns
- 4 tabuleiros individuais com números de zero a 5 (um vermelho, um azul, um verde e um amarelo) 
- 24 cartões coloridos (6 vermelhos, 6 azuis, 6 verdes e 6 amarelos)

Regras do jogo:
- Cada criança escolhe uma cor: amarela, verde, vermelha ou azul.
- Assim que escolher a cor, a criança pega o seu tabuleiro e as 6 fichas da mesma cor.
- Os 4 tabuleiros individuais devem ser organizados para o jogo, conforme a figura .
- Cada jogador lança, na sua vez, os dois dados simultaneamente e calcula a diferença entre as duas quantidades que saíram nos dados.
- O jogador cobre, com um dos seus cartões, no seu tabuleiro, o número correspondente à diferença obtida.
- O próximo jogador procede da mesma forma e assim sucessivamente.
- Caso o número correspondente à diferença já esteja coberto, o jogador passa a vez para o próximo. 
- Vence o jogo quem cobrir primeiro todos os números do seu tabuleiro.
Apostila pnaic matematicaApostila pnaic matematica
Jogo 9- Cubra o anterior 
a) Aprendizagem: Identificar quantidades e realizar contagens; resolver adições mentalmente; identificar o antecessor de um número.

b) Material: 2 dados comuns
4 tabuleiros individuais com números de 1 a 11 (um laranja, um azul, um lilás e um vermelho)
44 cartões coloridos (11 cartões laranja, 11 azuis, 11 lilás e 11 vermelhos)

c) Número de jogadores: 4 participantes

d) Regras:
- Cada criança escolhe uma cor: laranja, azul, lilás ou vermelho.
- Assim que escolher a cor, a criança pega o seu tabuleiro e os 11 cartões da mesma cor.
- Os 4 tabuleiros individuais devem ser organizados para o jogo, conforme mostra a figura.
- Cada jogador lança, na sua vez, os dois dados simultaneamente e calcula a soma das duas quantidades que saíram nos dados.
- O jogador cobre com um dos cartões, no seu tabuleiro, o número antecessor ao resultado da soma obtida.
- O próximo jogador procede da mesma forma e assim sucessivamente.
- Caso o antecessor do número obtido na soma já esteja coberto, o jogador passa a vez para o próximo.
- Vence o jogo quem cobrir primeiro todos os números do seu tabuleiro.
Apostila pnaic matematica
Apostila pnaic matematicaApostila pnaic matematica
Jogo 10 - Qual a representação do número? 
Objetivo pedagógico: representar o agrupamento decimal e compreender o valor posicional dos algarismos.
Número de jogadores: 2
Indicação: para alunos do 3º ano, podendo ser aplicado em turmas de 2.o ano se o alfabetizador julgar pertinente.
Objetivo do jogo: ganha o jogo quem fizer mais pontos ao final.

Materiais:
- 24 cartas com registro numérico e representação de quantidades;
- 2 tapetinhos;
- 10 grupos de 10 palitos amarrados, por jogador;
- 10 palitos soltos, por jogador;
- 4 conjuntos de fichas numéricas de 0 a 9;
- 16 cartas de pontuação com 10 pontos;
- 16 cartas de pontuação com 5 pontos.

Regras do jogo:
- Um dos jogadores distribui 5 cartas com registros numéricos e representação de quantidades para cada jogador, sem que seja visto o conteúdo dela pelos demais, fazendo um monte para cada um deles.

Na primeira rodada:
- O primeiro jogador pega, em seu monte, uma carta e lê o número para o segundo. Este deve representar no tapetinho o número que ouviu, usando grupos e os soltos (já disponíveis) e colocar as fichas numéricas. Quando o segundo jogador terminar seu registro, o primeiro confere se está certo e mostra a carta. Se estiver certo, o segundo jogador (o que montou) ganha uma carta com 10 pontos. Se não estiver correto, o primeiro jogador (o que leu) mostra como fazer e cada jogador ganha a metade dos pontos (cinco). Isso significa que um ganha pela tentativa e o outro ganha por ter mostrado.
- Na sequência, o segundo jogador realiza o mesmo procedimento: pega uma carta em seu monte, lê para o adversário, que deverá montar o número com as devidas quantidades. Se estiver certo, o jogador que representou no tapetinho ganha a carta com 10 pontos. Se não estiver correto, o jogador que leu mostra como fazer. E cada jogador ganha a metade dos pontos.
- Ao final da primeira rodada os jogadores comparam os tapetinhos e veem qual o maior número. Quem tiver o maior número ganha 5 pontos.

Nas próximas rodadas:
- repete-se o procedimento. Terminando a 5.ª rodada, os dois jogadores pegam suas cartas das pontuações e fazem a soma. Ganha quem tiver mais pontos.
- Registros das crianças:
- Quando os alunos “aprenderem” a jogar, após alguns dias, deve-se inserir o registro, em forma de tabela, para acompanhar a pontuação obtida em cada rodada. Apresentamos duas sugestões:

Tabelas para registros das pontuações

As produções desses registros servem para analisar dados referentes ao jogo: a quantidade de vezes que cada um acertou a representação ou não e a comparação entre os números. A elaboração de problema, escrita pelo professor ou pelos alunos a partir do jogo, contribui para o desenvolvimento dos conceitos matemáticos.
Apostila pnaic matematicaApostila pnaic matematica
JOGO 11: Comprando Fichas 
Materiais:
- Dois dados, de cores diferentes, adaptados com as faces: 1, 2, 3, 1, 2, 3;
- 12 fichas.
Número de jogadores: 2

Regras do jogo:
- O jogador, na sua vez, lança os dois dados e a seguir “compra” a quantidade de fichas correspondentes a cada dado.
- Após a compra das fichas, calcula o total de fichas compradas, somando-as.
- Registra o total de cada rodada na tabela de pontos.
- O ganhador é aquele que ao final de três rodadas “comprou” o menor número de fichas.
Apostila pnaic matemaicaApostila pnaic matematica
Apostila de Jogos do PNAIC organizada pela orientadora de estudos Eleúzia Lins, utilizada durante as Formações dos Professores Alfabetizadores na cidade de Barueri/SP.
Share on Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário